Sunrise! Sunrise!

Hoje (re)começo um blog. Já tive vários, ao longo dos anos. As pessoas crescem, alteram o seu modo de ver o mundo e os outros, os seus ideais, os seus objetivos e, naturalmente, o modo como se querem expor e aquilo que pretendem transmitir.
Já lá vão uns anos, mas, sendo a escrita uma paixão antiga, não penso que as palavras cessem. Na verdade, acredito que quem ama o lápis tem sempre um ponto a acrescentar. Há também aqueles momentos em que o lápis fala por nós, como que se nos usasse como mero veículo de transmissão da mensagem desejada. Nesses momentos, devemos aproveitar e não o largar, pois a sua capacidade de transmitir o que se pretende é, muitas vezes, incrível, mesmo para nós, que lhe pegamos.
A escrita é, sem dúvida, o meu meio de comunicação preferido. A capacidade de expressão e clarificação é-me muito maior ao pegar num lápis. As ideias ficam mais claras, tudo ganha ordem e, no fim, tudo flui. Há, contudo, o “lado mau” da comunicação escrita: não se pode transmitir um tom de voz ou utilizar linguagem corporal (apesar da pontuação ser uma excelente ajuda)! Mas também pode ser mais pensada, menos impulsiva, mais organizada, repetida e, por conseguinte, mais esclarecedora e eficaz. Pelo menos, a minha Comunicação é, sem qualquer dúvida, mais eficaz e eficiente ao pegar num lápis, bem como o meu poder de persuasão. (Cada um tem jeito para o que tem, não é verdade?). Antigos relacionamentos falam por si: incapaz de discutir verbalmente (e, quando o fazia, saía sempre uma ou outra asneira imponderada) e muito detalhada, de raciocínio organizado, com as vírgulas todas e com grande poder de persuasão e manipulação da conversa na comunicação escrita. Não é fácil ganharem-me uma discussão, disso podem estar certos!
Mas tudo isto para informar que voltei a pegar no lápis e não tenciono largá-lo tão cedo. Porque ele me faz bem. Porque a escrita me faz bem. E no dia que eu não pegar no lápis, lembrem-se, o silêncio também é uma forma de comunicar.

T.

Leave a Reply

Your email address will not be published.